sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Como uma cona destrói o melhor treinador do mundo

Até fui pegar agora no telemóvel para ver em que dia tinha escrito que o Mourinho seria despedido, e a minha convicção era que seria mesmo despedido antes do Natal, e a nota que deixei, com o título deste texto, data de 3 de novembro. 

"Não sabias da médica ninfomaníaca do Chelsea"? havia-me perguntado certo dia o meu colega de trabalho. E de facto não, não fazia a mais pequena ideia. Sabia sim que Mourinho havia despedido a médica do clube, mas não fazia a mais pequena ideia, que esta médica era extremamente zelosa e prestável, vinte e quatro horas, sempre disponível, sempre a pensar no melhor para os jogadores do clube. E trabalhadores assim dedicados é muito raro hoje em dia! A médica, Eva Carneiro, segundo disse o ex-namorado, recebi inclusive chamadas a meio da noite, de jogadores com dói-dóis, e ela de imediato deixava a sua vida pessoal e lá cuidar deles, regressando na manhã seguinte.


Doutora Eva Carneiro ex-médica do Chelsea (Imagem Via Pinterest)

E o que fez José Mourinho, reconhecidamente o melhor treinador de futebol do mundo? Despediu-a, fundamentando a sua decisão no facto de ela distrair os jogadores!

"Pois então está explicado o porquê do Chelsea, um clube campeão na época passada, e agora com os mesmos jogadores estarem a perder jogos atrás de jogos depois da sua saída ainda em agosto" deduzi. 

Os jogadores ficaram amuados, tiram-lhes a médica querida, disponível para todo o serviço, que quando se queixavam de uma dor muscular a qualquer hora da noite, já não tinham quem lhes tratasse do dói-dói. E assim claro, não há condições, os jogadores entrarem em depressão!

"Pois bem podes ter a certeza que o Mourinho nunca mais dá a volta à situação" alvitrei. Já o meu colega achava que não, estava certo que ele ainda daria a volta à situação, afinal estávamos a falar de Mourinho, e ele achava que o Chelsea poderia ainda muito bem ainda ser campeão, ou quem sabe até mesmo campeão europeu! Mas eu não. Sempre estive muito ciente que nunca devemos menosprezar o poder da cona na sociedade e afinal tinha mesmo razão.

E foi assim que, uma simples cona destruiu o melhor treinador de futebol do mundo. 

Sem comentários:

Enviar um comentário